Bitcoin entra em novo colapso após as falas de Joe Biden

2

A criptomoeda Bitcoin está apresentando novo colapso após as falas do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. De acordo com ele, deve haver novas tributações sobre as pessoas mais ricas e com investimentos rentáveis. Além disso, irão regularizar a moeda de acordo com o estado para que ela passe a ter “leis”.

A questão é que o Bitcoin é um dos favoritos justamente porque não é rastreado pelo governo: criminosos deixam todos os bens investidos dessa forma para que, caso sejam descobertos, não tenham o valor pego de volta.  Outro ponto é que a criptomoeda é bastante usada para serviços ilegais como o financiamento de atos terroristas. 

Após as indiretas dadas, saiu de R$ 300 mil e foi para a faixa de R$ 270 mil: uma queda bastante acentuada em 10%. No domingo passado, já teria passado pela mesma situação: perdeu quase R$ 60 mil em valor. Agora, a desvalorização já soma mais de R$ 90 mil em apenas uma semana. 

Os investidores menores do bitcoin torcem para que não haja a movimentação das baleias. Ou seja, contas antigas que possuem valores bilionários e que estão paradas por longos períodos de tempo.

Se grande quantidade da criptomoeda for negociada em um único momento, haverá uma porcentagem muito grande delas à venda e entra em ação a lei de oferta e procura: o preço irá cair ainda mais. 

Bitcoin virou meme

Ele também influenciou os valores do Ether que saiu da faixa de R$ 13 mil para R$ 12 mil. Na internet, a situação virou meme já que muitos compraram a criptomoeda enquanto estava no pico e acreditavam que iria subir ainda mais. 

Geralmente, recomenda-se comprar a moeda digital quando está sendo desvalorizada porque dessa forma, o preço está baixo, todos compram e o valor sobe de acordo com a oferta e procura (já que são limitados). 

Leia mais: Black do Banco Inter: Veja as condições para obter o cartão

Veja Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.