Belém do Pará discute criação de projeto de renda básica para 2021

De acordo com informações da imprensa, prefeito eleito se reuniu nesta semana para discutir projeto. Mas ainda não há nada oficial

1

A cidade de Belém do Pará pode ter um programa de renda emergencial para chamar de seu. É que o prefeito eleito da cidade, Edmílson Rodrigues (PSOL) discutiu esse tema em uma reunião na última semana. As informações são do jornalista Fábio Zanini, da Folha de São Paulo.

De acordo com as informações da coluna, a cidade pode ter um programa de transferência de renda assim que o Auxílio Emergencial do Governo Federal acabar. Já há portanto uma data para isso acontecer. O auxílio do Governo tende a acabar no final deste ano de 2020.

Assim, o objetivo da cidade de Belém é tentar amparar um pouco a população que deve ficar sem renda a partir de 2021. Cerca de 10 milhões de brasileiros devem voltar para a pobreza assim que o Auxílio Emergencial do Governo acabar. Pelo menos é o que dizem as projeções da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Mas a ideia do auxílio emergencial municipal de Belém ainda é apenas uma ideia. O próprio prefeito não falou sobre o assunto de forma pública ainda. Seja como for, vários veículos de imprensa local noticiaram o conteúdo da reunião da última semana.

Nesta reunião, o prefeito eleito de Belém recebeu o presidente do seu partido, Juliano Medeiros e Guilherme Boulos. Boulos, aliás, acabou de perder as eleições municipais de São Paulo também prometendo um projeto de transferência de renda para a cidade.

Projeto de renda

A imprensa começa a trazer informações de bastidores de que o PSOL quer transformar Belém em uma cidade modelo. Essa foi a única capital que o partido conseguiu vencer. Por isso, a ideia é que os projetos sociais de lá virem uma espécie de referência.

Se sair do papel, no entanto, essa não será a primeira vez que uma capital cria o seu próprio Auxílio Emergencial. A cidade de São Paulo, por exemplo, criou o seu. O benefício serviu para pessoas de baixa renda e o dinheiro saiu em uma parcela única.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.