Bayern Leverkusen vence o Celtic de virada pela Liga Europa e lidera chave

Por sua vez, a equipe escocesa, com apenas 6, já está eliminada

0

O Bayer Leverkusen venceu o Celtic da Escócia por 3 a 2 na tarde desta quinta-feira (25), na Bay Arena, pela quinta e penúltima rodada do grupo G da Liga Europa.

Com esse resultado, o time alemão, segue na liderança do grupo, com 13 pontos.

Por sua vez, a equipe escocesa, com apenas 6, já está eliminada.

Agora, na última rodada, o Leverkusen visita o Ferencváros, no Ferencváros Stadium, na Hungria, a partir das 17h do dia 9 de dezembro.

Enquanto isso, no mesmo dia e horário, no Celtic Park, o Celtic recebe o Bétis de Sevilla, na rodada final.

O jogo

A partida começou com o Bayer Leverkusen em cima do Celtic, tentando se impor desde o início e criando as primeiras oportunidades de gol no jogo.

Assim, a primeira boa chance veio aos 10min, quando Robert Andrich, de cabeça, mandou para o gol e o goleiro adversário fez a defesa, com muito perigo.

No entanto, aos 16min, após assistência de Florian Wirtz, o inspirado Robert Andrich, em nova jogada de cabeça, desta vez mandou para o fundo da rede, abrindo placar para o time alemão dentro de casa.

Depois disso, o time escocês cresceu em campo, até porque não tinha outra alternativa que não fosse buscar o ataque para tentar o empate.

Porém, o jogo estava truncado e as oportunidades para os dois lados estava muito escassas no primeiro tempo.

Ainda assim, aos 39min, Lukás Hrádecky, do time visitante, foi derrubado dentro da área e, com auxílio do VAR, o árbitro marcou pênalti.

Não cobrança, aos 40min, Josip Juranovic mandou para o gol, de pé direito, e deixou a partida empatada por 1 a 1.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o Bayer Leverkusen até começou melhor, teve as primeiras chegadas mais ofensivas, mas não conseguiu fazer o segundo gol.

No entanto, o Celtic estava mais objetivo e, aos 11, Jota, do Celtic, recebeu na área e mandou de perna esquerda, virando a partida: 2 a 1.

Porém, aos 37min, Robert Andrich deixou tudo igual para os donos da casa e, quatro minutos depois, Moussa Diaby virou o jogo: 3 a 2.

 

Leia também: Saída de Solskjær do Manchester United agita mercado e incomoda Pochettino no PSG

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.