Baleia Rossi se reúne com centrais sindicais e fala em Reforma Tributária

Candidato à presidência da Câmara dos Deputados, Baleia Rossi recebeu uma carta com reivindicações, incluindo a manutenção do Auxílio Emergencial

0

O deputado Baleia Rossi (MDB-SP) segue sua campanha para a presidência da Câmara dos Deputados. Nesta quinta-feira (14) ele teve um encontro com representantes de Centrais Sindicais e recebeu uma carta com diversas reivindicações.

Logo depois do encontro, ele revelou alguns pontos dessa carta. Um deles foi a Reforma Tributária. Aparentemente o deputado gostou do que viu e disse que tem tudo para dar um gás na aprovação desse projeto que pode mudar as relações de trabalho no Brasil.

Nessa carta, os trabalhadores também pedem um olhar especial do Congresso sobre a questão das vacinas. Sobre isso, o deputado disse que também vai cuidar da situação. A ideia, de acordo com Baleia, é tentar criar um processo justo de vacinação contra a Covid-19 no Brasil.

Além de tudo isso, a carta também pedia a manutenção do pagamento do Auxílio Emergencial. O pedido, aliás, é para que os pagamentos sigam com parcelas de R$600 e não mais de R$300, como estava acontecendo nos últimos meses de 2020. Sobre isso, no entanto, o deputado desconversou.

“Precisamos votar o Orçamento, esperamos que o Ministério da Economia possa buscar soluções enquanto não houver vacina ou reforço no Bolsa Família, para que possa suprir esses vulneráveis, com responsabilidade fiscal, e para não estourar as contas públicas”, disse ele fugindo assim de prometer uma prorrogação do Auxílio.

Baleia e os trabalhadores

O Partido dos Trabalhadores (PT) fechou questão em torno do candidato Baleia Rossi para a presidência da Câmara. Em troca, Baleia prometeu que a Câmara vai ser independente diante do Governo Bolsonaro. Mas não prometeu fazer oposição.

O sentimento que fica para os trabalhadores é que a eleição na Câmara e no Senado vai decidir o futuro do Auxílio Emergencial. Até aqui, a grande maioria dos candidatos favoritos afirma que quer prorrogar o benefício, mas desconversa quando entra no mérito fiscal.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.