Baixada Santista bate recorde positivo: zero mortes nas últimas 24h

Região já chegou a ser uma das que tinham mais óbitos por coronavírus

0

A Baixada Santista finalmente conseguiu baixar o seu número de óbitos por coronavírus e chegou ao seu melhor resultado: zero mortes nas últimas 24h. No entanto, faltou a atualização das informações de uma cidade: Guarujá; por isso, é possível que haja algum óbito.

A Secretaria Municipal de Saúde da Baixa Santista declarou que havia quase 400 pessoas internadas para tratamento contra COVID-19, mas não há informações sobre o nível de gravidade, ou seja, se esses pacientes estão em caso mais grave ou não.

Os novos casos de COVID-19 na Baixada Santista, no entanto, ainda estão aumentando e a cidade com mais diagnósticos positivos é São Vicente, que tem 140 resultados positivos nas últimas 24h. Santos também teve uma quantidade expressiva de novos casos em um dia: 43.

Já o município que teve menos diagnósticos positivos nas últimas 24h foi Peruíbe, com apenas 1.

Vale dizer que há bastante leito hospitalar no momento para os pacientes diagnosticados com coronavírus: são 58%. Essa pode ser indicada como uma das razões pelas quais as mortes estão em declínio: com mais leitos para que os pacientes de COVID-19 sejam atendidos, é natural que a mortalidade caia.

Uma das razões para que os doentes de coronavírus faleçam é justamente não ter acesso a respiradores e a outros tipos de procedimentos médicos. Muitas vezes, isso acontece porque simplesmente não há leitos nos hospitais.

Baixada Santista e o Plano SP

No momento, a Baixada Santista se encaixa na classificação laranja do Plano SP, que tem norteado a retomada de atividades comerciais no Estado. Nessa faixa, é permitida a reabertura de concessionárias, lojas de rua, imobiliárias, shoppings e escritórios.

No entanto, a população está bastante insatisfeita com essa faixa, acreditando que os municípios da Baixada já têm condições suficientes para estar na faixa amarela do Plano SP. Nela, há ainda mais estabelecimentos com funcionamento liberado, em especial os bares e restaurantes, que deverão providenciar mesas na parte de fora e não atender na parte interior.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.