Bahia vai tentar realocar trabalhadores da Ford para outras empresas

Governo do Estado vai tentar colocar o máximo de trabalhadores demitidos para outras empresas que atuam dentro da Bahia

1

A Bahia vai tentar realocar os trabalhadores da Ford para outras empresas do estado. Quem disse isso foi o próprio governador do estado, Rui Costa. De acordo com ele, a ideia é tentar fazer com que essas pessoas não passem muito tempo sem emprego.

Segundo as informações do governador, o estado vai criar uma espécie de banco de dados. Nesse banco, eles irão colocar as informações de cada um desses trabalhadores que perdeu o emprego no início desta semana.

A partir daí outras empresas do estado iriam pegar os seus trabalhadores. O governador não deu detalhes de como isso aconteceria, mas a tendência é que os trabalhadores com mais capacitação tenham naturalmente mais chances de realocação.

Rui Costa disse também que o Governo estadual está tentando chamar a atenção de outras empresas para que elas fiquem com a área da Ford. Assim, parte desses trabalhadores poderiam ir direto para essa nova empresa.

Seja como for, todos concordam que essa segunda medida não é simples e não é rápida. Até uma nova empresa se instalar naquele local, será preciso um longo tempo para estudar, aprovar e começar a produção. Os trabalhadores, de fato, não têm esse tempo todo.

Além da Bahia

A Ford anunciou na última segunda-feira (11) que está encerrando as suas atividades de produção de carros no Brasil. Isso portanto afeta diretamente os trabalhadores de três estados: Bahia, Ceará e São Paulo. Esses são os locais onde existiam fábricas da Ford no Brasil.

O Governo de São Paulo realizou uma reunião com o Sindicato dos Metalúrgicos na última terça-feira (12). A pauta também foi o futuro desses trabalhadores. Por lá, assim como na Bahia e no Ceará, este parece ser um momento de muito mais dúvidas do que respostas para estes empregados.

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Bahia vai tentar realocar trabalhadores da Ford para outras empresas […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.