Avaí vai recuperar traves do antigo estádio Adolfo Konder

Objetos vão compor o acervo do Centenário do clube catarinense

0

Quem vive de passado é museu? Jamais. Quem tem passado, tem história. E, no Avaí, o clube tenta preservar da melhor maneira possível.

Ao menos no episódio das antigas traves do estádio Adolfo Konder, onde o clube mandava os seus jogos antigamente.

Assim, o clube tenta resgatar e recuperar o material para ajudar a montar o acerto do Centenário do clube, que será comemorado em 2023.

Na manhã desta sexta-feira (23), no bairro Campeche, no Sul da Ilha, as traves foram resgatadas para recuperação.

Afinal de contas, o Adolfo Konder foi palco de conquistas memoráveis do clube manezinho. O material passará por recuperação e integrará o acervo do Centenário, que será comemorado em 1º de setembro de 2023.

A antiga casa do Leão deixou de existir há 38 anos, ainda em 1983, quando o atual estádio da Ressacada foi construído e também foi palco de grandes conquistas.

Assim, as duas traves históricas estava em meio a arbustos e estavam sofrendo com a ação do tempo.

Agora, terão um destino mais nobre e a revitalização está garantida.

“Essas traves mostram de onde viemos, onde estamos e para onde podemos ir. Fico emocionado, pois lembro quando meu pai me levava aos jogos do Avaí no Adolfo Konder”, disse o conselheiro do clube, Narbal Filho.

“Lembro da primeira conquista que eu vi, em 1973, com a vitória sobre o Juventus. O Balduino marcando um gol de cabeça. O Rogério Ávila deu assistência como se fosse com a mão”, afirmou ao site oficial do clube.

Aproveitamento

Maurício Korbes, arquiteto que presta serviço para o Avaí, disse que ainda será estudada a melhor maneira de se aproveitar as duas traves antigas.

“A gente tem algumas ideias. Uma delas é a criação de um portal, resgatarmos um campo de futebol na rua que separa o Estádio do CFA, hoje revitalizada. Naquele espaço, um novo ‘campo’ a história dos 100 anos do Avaí, tornando aquela uma passagem temática”, disse o especialista.

De acordo com o clube, o trabalho de resgate das duas traves só foi concluído depois que profissional especializado chegou ao local para remover uma pequena colmeia de uma delas, uma vez que as abelhas dificultaram os trabalhos.

“Logo após a remoção, as traves foram colocadas em um caminhão e encaminhadas para a recuperação numa empresa em Biguaçu”, diz o clube no site oficial.

Leia também: Oeste e Paraná ficam no empate por 1 a 1 em Barueri pela Série C

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.