Avaí tropeça na Ponte Preta e fica no empate em casa pela Série B

Time catarinense ainda segue na vice-liderança, apesar do resultado ruim

0

O Avaí ficou no empate por 1 a 1 com a Ponte Preta na noite desta terça-feira (5), no estádio da Ressacada, em Florianópolis, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com esse resultado, o time catarinense, comandado pelo técnico Claudinei Oliveira, segue em segundo lugar, agora com 50 pontos, mas desperdiça a chance de embalar.

Por sua vez, a Macaca, sob comando do treinador Gilson Kleina, está em 15º, com 34, e corre risco de rebaixamento.

Neste jogo, o público total foi de 1.540 pagantes, com renda total: R$ 34.693.

Agora, na próxima rodada, a Ponte Preta só volta a jogar no dia 15 de outubro, quando recebe o Náutico, a partir das 21h30, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas

Enquanto isso, o Leão da Ilha volta a jogar no dia 16, a partir das 21h, quando visita o Confiança, no estádio Batistão, em Aracaju.

O jogo

Em campo, o Avaí começou melhor, indo para cima da Ponte Preta nos primeiros minutos de jogo.

Mas, apesar da maior posse de bola, o Leão da Ilha não conseguia levar perigo e, aos poucos, a Ponte foi também equilibrando as ações, deixando o jogo mais truncado.

Desta forma, o time de Campinas era até mais ofensivo, deixando o torcedor do Avaí irritado em alguns momentos.

No entanto, aos 22min, o Avaí chegou com perigo em chute cruzado de Vinícius Leite e o goleiro Igor Vinha espalmou para escanteio.

Depois, aos 29min, Bruno Silva teve outra boa chance, em chute por cima do gol.

Assim, o gol estava amadurecendo e saiu aos 30min, com Copete, em um golaço, com chute cruzado no canto direito: 1 a 0.

Com a vantagem no placar, o time catarinense passou a ter mais tranquilidade para controlar a partida.

Segundo tempo

Depois do intervalo, o Avaí começou com tudo e quase ampliou logo aos 28 segundos, com Jonathan, que pegou a bola da entrada da área e mandou uma bomba, que pegou no bico do travessão.

No entanto, a Ponte Preta, na primeira chegada, marcou o gol de empate, aos 4min.

Após cruzamento da direita, Léo Naldi subiu de cabeça e mandou para o gol: 1 a 1.

Depois, o Avaí teve que ‘remar’ de novo para buscar a vitória, mas o time sentiu o baque do gol sofrido.

Mas a Ponte Preta estava melhor e ficava mais tempo no campo de ataque.

Nervoso, o Avaí não se acertava e, aos 32min, ainda perdeu Bruno Silva, que levou cartão vermelho direto por uma solada.

Com isso, não conseguiu mais reagir e ainda viu a Ponte Preta pressionar nos últimos minutos.

Leia também: Cláudio Tencati é o novo técnico do Criciúma para a Série C do Brasileiro

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.