Auxílio: madrugada tem pessoas dormindo na fila em Fortaleza

Imagens que circulam pelas redes sociais mostram que dezenas de pessoas dormiram na fila para entrar na Caixa Econômica em Fortaleza

1

A madrugada foi difícil para dezenas de pessoas na cidade de Fortaleza, no Ceará. É que essas pessoas decidiram dormir na fila na frente de uma agência da Caixa Econômica Federal na capital cearense nesta quarta-feira (7).

Pelas imagens, é possível ver que cada um levou os seus próprios cobertores. Essas pessoas estavam querendo guardar um lugar para entrar o mais cedo possível na agência e conseguir resolver os problemas do Auxílio Emergencial.

Foto: Halisson Ferreira/ SVM

Tudo aconteceu na frente da agência que fica na Avenida Francisco Sá, em Fortaleza. Imagens já das primeiras horas da manhã desta quarta (7) mostram que a fila já aumentou muito e já roda quarteirões inteiros no local

De acordo com o próprio Presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, a maioria dessas pessoas está indo para a agência para resolver problemas no app do Caixa Tem. É que muitas vezes esse app acaba passando por um bloqueio.

E para desbloquear esse app, é preciso ir até uma agência da Caixa. Não adianta portanto tentar fazer isso via internet, porque não vai ter jeito. Seja para resolver esse problema ou não, o fato é que as filas voltaram com força para as portas das agências.

Filas em agências

As filas nas agências eram de fato o grande temor da Caixa Econômica. Eles temiam que muita gente acabasse indo para as portas dos pontos físicos justamente neste momento em que a pandemia vive o seu momento mais rígido no Brasil.

Seja como for, o que vale nesse momento é a mesma dica de sempre: evitar ir até as agências da Caixa até onde der. Nas agências não vai ser possível, por exemplo, sacar o dinheiro do Auxílio Emergencial. Pelo menos não neste momento.

Leia mais: Auxílio: ministro pede para beneficiários não irem para agências da Caixa

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Leia mais: Auxílio: madrugada tem pessoas dormindo na fila em Fortaleza […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.