Auxílio Emergencial: Caixa LIBERA novos saques; veja quem pode

Confira as últimas novidades do auxílio emergencial

0

O cronograma divulgado pela Caixa Econômica Federal continua em andamento e libera nesta quinta-feira (10) o saque da segunda parcela do benefício para os trabalhadores nascidos em julho, para aqueles que fizeram o cadastro pelo site ou aplicativo, que estão no Cadastro Único e não fazem parte do Bolsa Família.

Os contemplados pelo Programa Bolsa Família (PBF), que possuem um calendário com programação de acordo com o dígito final do Número de Identificação Social (NIS), tiveram os pagamentos finalizados no final de maio.

É importante reforçar que o benefício tem parcelas que podem variar de R$150 a R$375 dependendo do perfil da família. Assim, a pessoa que mora sozinha recebe o valor de R$150; a mãe solteira que sustenta a família recebe o valor de R$375; e demais famílias recebem o valor de R$250.

O recebimento da parcela não garante a continuidade do benefício nos próximos ciclos. A família deve seguir atendendo aos critérios de seleção do auxílio emergencial para garantir o recebimento das 4 parcelas no total.

Tenho urgência para o valor, como fazer?

Se o trabalhador não quiser ou não puder aguardar a data de liberação do saque em dinheiro, pode movimentar o valor através do aplicativo Caixa Tem e usufruir do valor do benefício, além de evitar a ida à uma agência.

Como pode ser feito o saque?

Para realizar o saque em dinheiro, é preciso fazer o login no aplicativo Caixa Tem, selecionar a opção “Saque sem cartão” e “Gerar código de saque”.

Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, atentando-se ao fato que ele tem a validade de uma hora. Deve ser utilizado para saque em dinheiro nas agências, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui.

A Caixa informa ainda que permanece disponível para os beneficiários a opção de utilização dos recursos creditados na Poupança Social Digital para a realização de compras através do cartão de débito virtual e QR Code, pagamento de boletos, contas de água, luz, telefone, entre outros.

Com o aplicativo Caixa Tem também é oferecida a funcionalidade para os pagamentos sem cartão em cerca de 13 mil unidades lotéricas do banco.

Ainda assim, se o trabalhador preferir a opção do saque em espécie e não puder comparecer na data exata da liberação, pode fazer o procedimento posteriormente, em um prazo de até 120 dias desta data. Caso ultrapasse esse período, se não houver movimentação da conta, os valores serão devolvidos ao Ministério da Cidadania.

Veja também: Programa Bolsa do Povo terá investimento de R$ 1 bilhão; veja quem recebe

Veja Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.