Atlético Mineiro elimina o Remo e avança às oitavas de final da Copa do Brasil

Galo já havia vencido o jogo de ida por 2 a 0 e confirmou a classificação com vitória em casa

0

O Atlético Mineiro venceu o Remo por 2 a 1 na noite desta quinta-feira (10), no Mineirão e avançou às oitavas de final da Copa do Brasil. No jogo de ida, o time comandado pelo técnico Cuca já havia vencido em Belém do Pará por 2 a 0.

Agora, a equipe garante R$ 2,7 milhões em premiação, oferecida pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol). E, depois deste confronto, irá voltar as atenções para o Campeonato Brasileiro, onde no domingo (13), recebe o São Paulo, a partir das 16h, pela terceira rodada.

Pela Série B, o time paraense joga no mesmo dia e horário, quando visita o Botafogo, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

O jogo

O Atlético tinha uma boa vantagem trazida do jogo de ida. Mesmo assim, tentou ir para cima no início do jogo. Aos 5min, arriscou o primeiro chute, com Tchê Tchê, de fora da área, que passou à direita do goleiro, sem muito perigo.

O Remo também foi para o ataque, pois precisava de gols. E tentava pressionar o Atlético, que estava com a defesa bem postada. Mas o Atlético não queria dar sopa para o azar. Aos 9min, Hyoran cobrou escanteio da esquerda e o zagueiro Rever, de cabeça, desviou para o gol: 1 a 0.

Em seguida, aos 11min, Dodô recebeu na esquerda, após falha da zaga do Remo, e chutou cruzado, de pé esquerdo, com o goleiro desviando para escanteio.

O Remo chegou pela primeira vez com perigo aos 25min, com Lucas Siqueira, que finalizou de fora da área e Everson deu um tapa para fora, mandando para escanteio.

O Galo quase ampliou com Keno, aos 30min, quando recebeu livre mandou a bola no pé da trave. Outra bola na trave veio aos 34min, quando a zaga do Remo tentou cortar, mandou para o próprio gol e a bola quase entrou.

Um minuto depois, outra bola na trave, desta vez com Nacho, após desviar de cabeça e mandar no poste esquerdo.

Mas, antes do intervalo, o Remo empatou. Em saída errada de bola da defesa atleticana, Romércio pegou a bola, ajeitou e chutou forte, empatando: 1 a 1.

No segundo tempo, o árbitro marcou pênalti para o Atlético em cima de Rever. Na cobrança, Hulk bateu forte e fez 2 a 1 para o Galo.

Depois, aos 28min, o árbitro deu pênalti para o Remo, após a bola bater no braço do volante Jair dentro da área. Porém, Felipe Gedoz bateu mal e o goleiro Everson pegou no canto direito, tirando da grande área. Assim, o Galo assegurou a vitória dentro de casa contra o time paraense.

Leia também: Mozart é o novo técnico do Cruzeiro para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B

Veja Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.