Atlético-MG vira sobre o Cuiabá e amplia vantagem na liderança do Brasileirão

Com esse resultado, o Galo, comandado pelo técnico Cuca, vai a 59 pontos, abre 11 de frente para o Fortaleza e 13 para o Flamengo

0

O líder Atlético Mineiro passou sufoco, mas venceu o Cuiabá por 2 a 1 na tarde deste domingo (24), no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com esse resultado, o Galo, comandado pelo técnico Cuca, vai a 59 pontos, abre 11 de frente para o Fortaleza e 13 para o Flamengo.

Enquanto isso, o Dourado, sob comando do técnico Jorginho, segue com 35 pontos, em décimo lugar.

Agora, o Atlético volta a jogar pelo Brasileirão no outro sábado (30), quando faz confronto direto contra o Flamengo, no Maracanã, a partir das 19h, em um jogo com cara de final antecipada.

Por sua vez, o Cuiabá volta a campo na outra segunda-feira, dia 1º de novembro, quando recebe o Red Bull Bragantino, a partir das 20h, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

O jogo

Em campo, o Atlético até começou pressionando, teve a primeira chance com menos de um minuto.

No entanto, aos 2min, em um lance bizarro, Nathan Silva foi recuar a bola para o goleiro Everson, ele não conseguiu dominar e o Cuiabá abriu o placar com um incrível gol contra.

Assim, o ambiente de festa no estádio virou motivo de tensão dentro do estádio.

Na saída de bola, o Galo chegou a marcar o gol de empate com Hulk, o lance foi anulado por impedimento, mas depois o VAR foi acionado e confirmou o gol de empate: 1 a 1.

Porém, o jogo estava tenso e o Cuiabá também foi para cima, obrigado Everson a fazer grande defesa aos 7min, em cabeçada perigosa.

Depois disso, o jogo ficou equilibrado, com o Atlético propondo o jogo e o Cuiabá também assustando nos contra-ataques.

Mas, nos acréscimos, no último lance do primeiro tempo, Guilherme Arana cruzou na medida para o volante Jair, que desviou de cabeça e virou o placar: 2 a 1.

Segundo tempo

Depois do intervalo, o Galo chegou a fazer o terceiro com menos de um minuto, mas desta vez Hulk levou a bola com o braço e o gol foi bem anulado.

Aos 7min, quase saiu o terceiro gol com Nacho Fernández, que finalizou com perigo e Walter fez boa defesa.

No entanto, o Atlético tinha mais volume, criava chances, mas não fazia o terceiro.

Contudo, o Cuiabá passou também a crescer na reta final e deixou o jogo perigoso para o Galo, que se segurou no final.

Leia também: Fórmula 1: Verstappen vence o GP dos Estados Unidos e amplia vantagem na liderança do Mundial

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.