Atlético dá show e vence o Bragantino no jogo da entrega do troféu de campeão brasileiro

Com esse resultado, o Galo, sob comando do técnico Cuca, foi a 84 pontos, a segunda melhor campanha da história dos pontos corridos

0

No jogo que marcou a entrega do troféu de campeão brasileiro, o Atlético Mineiro venceu o Red Bull Bragantino por 4 a 3 na tarde deste domingo (5), no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

Com esse resultado, o Galo, sob comando do técnico Cuca, foi a 84 pontos, a segunda melhor campanha da história dos pontos corridos.

Por sua vez, o Braga, comandado pelo técnico Maurício Barbiéri, continua em sexto lugar, com 56 pontos, dentro da zona de classificação para a Libertadores.

Agora, na última rodada, o Atlético encerra a participação no Brasileiro na quinta-feira (9), a partir das 21h30, quando visita o Grêmio, na Arena, em Porto Alegre.

Por sua vez, no mesmo dia e horário, a equipe paulista recebe o Internacional, a partir das 21h30, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

O jogo

O Red Bull Bragantino começou o jogo melhor, criando mais volume de jogo nos primeiros minutos, pois precisava do resultado.

A primeira boa chance do Atlético Mineiro só veio aos 19min, com Guilherme Arena, que recebeu livre na esquerda, de fora da área, e finalizou para a boa defesa do goleiro Cleiton.

Mas, menos de um minuto depois, Keno recebeu também de fora da área e mandou no canto direito, rasteiro: 1 a 0.

Depois disso, o Bragantino melhorou em campo e também começou a criar chances. Mais ofensivo, o time visitante deixou o Galo mais na defensiva, tentando os contra-ataques.

E, depois de acertar a bola no travessão, em cobrança de falta perigosa, aos 36min, chegou ao empate com gol de Ytalo, que pegou sobra do goleiro Everson e mandou para o gol: 1 a 1.

Segundo tempo

Depois do intervalo, o Bragantino começou melhor e fez o segundo logo no primeiro minuto. Após cobrança de escanteio, Artur pegou de primeira e mandou um belo chute para o gol: 2 a 1.

No entanto, o Atlético Mineiro não queria perder no jogo da festa e, aos 6min, chegou a gol de empate.

Na oportunidade, Keno arranco pela esquerda e cruzou para Zaracho, que recebeu livre na grande área e mandou para o gol: 2 a 2.

Depois, aos 32min, Zaracho avançou pela esquerda e tocou para Savarino, que desviou para o gol e fez 3 a 2.

Mas faltava o gol dele: Hulk, aos 42min, depois de entrar na segunda etapa, recebeu pela direita e tocou por cobertura, na saída do goleiro: 4 a 2.

Nos acréscimos, Artur descontou para o Bragantino: 4 a 3.

Leia também: Hamilton vence corrida eletrizante e alcança Verstappen; pilotos estão empatados em pontos

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.