Athletico vence mais uma e mantém boa sequência

Furacão venceu o Bahia fora de casa pelas oitavas da Copa do Brasil.

0

Único técnico brasileiro entre os 16 times das oitavas de final da Copa Libertadores, Luiz Felipe Scolari tem feito um belo trabalho a frente do Athletico Paranaense. Desde que chegou ao Rubro-negro, Felipão só tem uma derrota no comando técnico da equipe (derrota para o Fluminense, em Volta Redonda). Na noite de ontem (22), mais um resultado importante foi conquistado.

Jogando diante do Bahia, o atual vice campeão da Copa do Brasil só precisou de 25 minutos para virar pra cima do Tricolor da Boa Terra. Com o gol do argentino Lucas Mugni com menos de quatro minutos, o Bahia não conseguiu sustentar a vantagem. Em menos de 5 minutos, acabou levando o empate já aos 10, no gol marcado pelo volante Christian.

Com cerca de 30 minutos, após um bom trabalho de Pablo entre a defesa e o meio campo, Khellven recebeu pela direita e cruzou para Pedro Rocha só completar. A virada foi a quarta do Athletico nos últimos seis jogos. Isto é, Felipão tem conseguido deixar a equipe sempre competitiva, independente do adversário que está do outro lado.

Athletico
Furacão construiu boa vantagem para o jogo de volta. Foto: José Tramonntin.

Athletico vive ótimo momento na temporada

Atual terceiro colocado da Série A e com a classificação bem encaminha para as quartas de final da Copa do Brasil, o Athletico Paranaense terá a Copa Libertadores como objetivo nas próximas duas semanas. Depois de ficar em segundo lugar no seu grupo, o sorteio colocou Libertad-PAR e Athletico frente a frente novamente nas oitavas de final.

Vale lembrar também que o Furacão tinha uma série de desfalques para a partida desta quarta-feira (22), elevando ainda mais o tamanho do feito do time de Scolari. Isto é, mesmo no auge de seus 73 anos, Felipão tem provado porque é um dos maiores e mais vitoriosos técnicos da história do nosso futebol.

Por fim, pelo lado do Bahia, essa foi a segunda derrota seguida dentro de casa. Vale lembrar que o Tricolor havia sido derrotado pela Chapecoense na última rodada da Série B. Agora, os comandados de Guto Ferreira precisarão reagir no sábado (25), quando encaram o Novorizontino também em casa. Isto é, é a chance de reencontrar o bom momento na temporada.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.