Athletico segura Flamengo e leva decisão para a volta

Felipão apostou em uma equipe bastante defensiva.

0

Nos últimos anos, o elenco do Flamengo tem sido considerado como o melhor do Brasil em termos individuais. Isto é, analisando jogador por jogador, talvez só Palmeiras e Atlético-MG batam de frente na comparação. Além disso, com oito vitórias nas últimas nove partidas, o Rubro-negro chegou animado para enfrentar o Athletico Paranaense pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Em jogo disputado no Maracanã com mais de 60 mil torcedores, o Athletico Paranaense inovou na escalação. Embora já estivesse sendo cogitada a presença de uma linha de três zagueiros, Luiz Felipe Scolari surpreendeu ainda mais com a escalação de três volantes (Hugo Moura, Fernandinho e Erick). Dessa forma, o jogo do Mengão acabou emperrando na ótima marcação do Athletico.

Em termos de números, o Flamengo ficou 75% do tempo com a posse de bola e finalizou 22 vezes, sendo seis no alvo. Do lado do Furacão, foram apenas quatro finalizações, sendo que nenhuma deu trabalho para Santos. Todavia, Felipão apostou na decisão na Arena da Baixada e conseguiu um resultado que pode ser considerado bom.

Flamengo
Arbitragem da partida irritou os dois lados. Foto: Marcelo Cortes.

Flamengo escapa de mais expulsões e terá sequência complicada

Com o jogo bastante nervoso, ainda sobrou um cartão vermelho para David Luiz por reclamação já na reta final do jogo. No entanto, Gabigol e Arrascaeta escaparam do cartão vermelho ao longo da partida. No caso de Gabriel Barbosa, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira (SP) apresentou cartão amarelo na tentativa de agressão a Fernandinho. Já no caso de Arrascaeta, o VAR não recomendou a revisão e o amarelo de campo foi mantido, embora a entrada em Erick tenha sido com as travas da chuteira.

Posto isso, os dois times terão a Copa Libertadores pela frente nas próximas duas semanas. Enquanto o Furacão medirá forças contra o Estudiantes, o Flamengo terá o confronto nacional diante do Corinthians, em partida que movimentará mais de 70 milhões de apaixonados.

Em relação à partida de volta, o duelo só acontecerá no próximo dia 14 de agosto, na Arena da Baixada. Até lá, cada time fará mais quatro partidas, duas pelo Brasileirão e duas pela Libertadores.

Avalie o Artigo:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.