Athletico perde em casa para o Bahia, que teve estreia de Guto Ferreira

Time da casa desperdiça chance de entrar na zona de Libertadores

0

O Athletico Paranaense perdeu por 2 a 0 para o Bahia na noite deste sábado (9), na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com esse resultado, o time da casa, comandado pelo técnico Alberto Valentim, continua em sétimo lugar, com 33 pontos.

Por sua vez, o Tricolor de Aço, sob comando do estreante técnico Guto Ferreira, foi a 26 pontos e deixou a zona de rebaixamento momentaneamente.

Agora, na próxima rodada, o Furacão volta a jogar na quarta-feira (13), a partir das 19h, quando visita a Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó.

Enquanto isso, o Bahia retorna a campo um dia antes, a partir das 21h, quando recebe o Palmeiras, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

O jogo

A primeira boa chegada foi do Bahia, logo a 1min, mas Gilberto, mesmo livre na área, bateu fraco e o goleiro Santos fez a defesa sem muita dificuldade.

Depois, outra chegada do time visitante veio aos 9min, quando Nino Paraíba mandou um chute sem muito perigo, pela linha de fundo.

Enquanto isso, o time do Athletico Paranaense, mesmo em casa, tinha grandes dificuldades em sair jogando e não criava oportunidades.

A primeira chance do Furacão só veio aos 24min, quando Bissoli aproveitou grande chance e chutou perto do gol.

Outra chegada do time da casa veio aos 33min, com Terans, mas o chute saiu para fora, sem muito perigo ao gol do Bahia.

Porém, quem abriu o placar foi o Bahia, aos 43min, quando Gilberto ajeitou de cabeça e Raí, livre, mandou para o gol: 1 a 0.

Desta maneira, o time visitante foi para o intervalo com a importante vantagem no placar.

Segundo tempo

Depois do intervalo, o Bahia voltou melhor e conseguiu ampliar o placar logo aos 4min, com Gilberto, que finalizou livre dentro da grande área: 2 a 0.

Em desvantagem, o Athletico foi para cima e quase descontou aos 12min com Terans, que chutou e Danilo Fernandes fez grande defesa.

Outra grande chance veio aos 24min, com Pedrinho, em chute que o goleiro do Bahia fez defesa milagrosa.

Aos 45min, Nikão ainda acertou a bola no travessão.

Leia também: Fluminense e Atlético Goianiense ficam no empate sem gols no Maracanã

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.