Athletico Paranaense elimina o Santos dentro da Vila Belmiro na Copa do Brasil

Peixe acumula mais um fracasso na temporada e agora só resta o Brasileirão pela frente

0

O Santos perdeu por 1 a 0 em casa para o Athletico Paranaense na noite desta terça-feira (14), no estádio da Vila Belmiro, em Santos, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil.

Como o Furacão havia vencido o jogo de ida, em agosto, por 1 a 0, na Arena da Baixada, a equipe paranaense se classificou para a semifinal.

Para o Peixe, foi o fim da linha logo no segundo jogo sob comando do técnico Fábio Carille, que acumula dois empates sem gols.

Já para o Furacão foi o segundo jogo com o técnico interino Bruno Lazaroni, após demissão do português António Oliveira.

Agora, as duas equipes voltam as atenções para o Campeonato Brasileiro, no final de semana, onde ambos fazem campanhas ruins no momento.

Com isso, o Athletico joga no sábado, a partir das 18h15, quando recebe o Juventude.

Enquanto isso, o Peixe visita o Ceará no mesmo dia, mas a partir das 21h, na Arena Castelão, em Fortaleza, ambos os jogos pela 21ª rodada.

O jogo

Em campo, o Santos começou o jogo tentando pressionar, mas sem a contundência suficiente para aproveitar e tentar assustar o Athletico Paranaense.

Aos 13min, Jean Mota ainda arriscou o primeiro chute a gol pelo time paulista, mas a finalização saiu fraca e o goleiro Santos, do Furacão, fez a defesa sem dificuldades.

Porém, quem chegou com mais força foi o Athletico, aos 17min, quando Richard chutou forte e João Paulo espalmou para escanteio.

Mas o Santos também queria jogo e teve uma grande chance com Marinho, aos 24min, quando finalizou e o goleiro adversário espalmou para escanteio.

Depois, outra chegada do Peixe veio aos 27min, com Raniel, que mandou de cabeça pela linha de fundo.

No entanto, o jogo estava equilibrado e, aos 39min, o Athletico quase marcou o gol, quando o volante Erick mandou para fora, com perigo.

E, como a bola não entrava, o primeiro tempo acabou empatado por 0 a 0.

Segundo tempo

Na etapa final, o time da casa começou com dificuldades em se impor e viu o Athletico ter até mais volume nos primeiros minutos.

Assim, o tempo foi passando e o Santos não conseguia criar. Encontrava as mesmas dificuldades de jogos anteriores em casa.

Aos poucos, o Furacão ia tomando conta da partida e, consciente, não deixava o Peixe pressionar.

E, aos 33min, Zé Ivaldo ainda abriu o placar para os paranaenses, em chute indefensável: 1 a 0.

Depois, aos 37min, o Athletico ainda teve o volante Christian expulso, após levar o segundo cartão amarelo.

Leia também: Atlético Mineiro ‘cutuca’ Flamengo e diz que não levará torcida na Copa do Brasil

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.