Argentina afirma que nuvem de gafanhotos está se distanciando do Brasil

De acordo com autoridades argentinas, a nuvem está indo para o noroeste do país vizinho. Ou seja, está se distanciando do Brasil

2

Autoridades da Argentina anunciaram que a “nuvem de gafanhotos” está se distanciando cada vez mais do Brasil. O país vizinho afirmou que realizou três super operações durante este final de semana para tentar diminuir o tamanho da praga.

Ainda segundo as autoridades, neste momento a nuvem estaria se dirigindo na direção do Rio Paraná. Este rio fica no Oeste da província de Corrientes, na Argentina. Ou seja, com essa direção, dá pra dizer que a praga está se distanciando do Brasil e do Paraguai.

Esta informação foi divulgada em um boletim do Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agro-Alimentar (Senasa). De acordo com este boletim, a distância da nuvem dos gafanhotos para o Brasil seria calculada em algo em torno de 100 quilômetros.

“Após controles focados no domingo, um céu limpo e temperaturas próximas a 20º C foram suficientes para o movimento para o Oeste. Mais uma vez se aproxima do Rio Paraná, afastando-se do Brasil e Paraguai”, disse um dos especialistas da Senasa.

Luta contra gafanhotos

Neste domingo (28), o governo da Argentina aplicou em terra uma série de defensivos agrícolas. De acordo com os especialistas, isso vai contribuir para a diminuição da nuvem. Isso porque os insetos que pousarem na região, provavelmente morrerão.

Ainda no último sábado (27), o Sindicato de Aviação Agrícola do Brasil (Sindaq) disse que 15% da nuvem já tinha sido eliminada na Argentina. Isso teria acontecido logo depois que os nossos vizinhos colocaram em ação planos de ataque contra os insetos.

Seja como for, a maioria dos especialistas brasileiros ainda aconselham cautela e monitoramento constante diante da situação nova para o Brasil.

2 Comentários
  1. […] Pelo menos essa é a atualização oficial dada pelo governo da Argentina. Os técnicos argentinos estão dando essas atualizações diariamente. Nesta segunda-feira (29), eles afirmaram que a nuvem estava se afastando do Brasil e do Paraguai.  […]

  2. […] A Estância San José fica dentro da cidade de Paraje El Descanso, na província de Corrientes. De acordo com esta atualização, os insetos já estão nesta área há alguns dias e não saíram de lá. Recentemente, os argentinos afirmaram que a nuvem está distanciando do Brasil. […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.