Andressa comenta erros no pronome de Thammy Miranda: “Não tem como chamar de ‘ela'”

Influencer mostrou o antes e depois ao lado do marido.

0
Andressa comenta erros no pronome
Reprodução: Instagram

Em conversa com seus seguidores no Instagram, Andressa Miranda comenta erros no pronome do esposo, Thammy, mesmo após tanto tempo da transição. A influencer mostrou um antes e depois ao lado do parceiro e afirma que não vê sentido em continuarem chamando pelo pronome feminino, a julgar que o vereador não tem aparência de mulher.

Andressa comenta erros no pronome de Thammy

“Às vezes têm pessoas que ainda tratam o Thammy como ‘ela’. Eu sei que não é por maldade, tá? Têm pessoas que realmente, não sei, ainda estão presas em uma história do passado porque o Thammy é uma pessoa pública, conhecida. Você olhar para o Thammy hoje, de barba, bonitão, masculino, não tem como você falar ‘ela'”, começa a empresária.

Ademais, Andressa ressalta que todas as características de Thammy são masculinas: “Cheiro de homem, jeito de homem, atitude de homem. Às vezes eu acho que é por essa referência anterior do passado. Vamos trocar isso aí, viu?”, pede a modelo, por fim.

Andressa comenta erros no pronome
Reprodução: Instagram

Outros desabafos

Não é a primeira vez que Andressa comenta os erros de pronome com Thammy. Em janeiro deste ano, por exemplo, a digital influencer desabafou sobre os erros que ainda percebe ao se referir ao marido. recebeu uma pergunta no Instagram referindo-se ao vereador, novamente, com o pronome feminino. A mãe de Bento se chateou: “Mas eu não sou casada com mulher. Thammy se transformou! Se ele não fosse famoso e você encontrasse com ele, não teria dúvidas disso! Ele é homem! Mas s eu fosse (casada com uma mulher), não teria problema nenhum, até porque já namorei mulheres”, disse ela, ao ser questionada pelo motivo de se incomodar ‘com o fato de ser casada com uma mulher’.

Em entrevista à revista Contigo!, Andressa ressaltou que considera os erros uma forma de ignorância, ainda mais quando o casal recebe ataques de ódio. “Acho que o preconceito de todas as formas mostra o lado escuro de cada um de nós. A gente é o que a gente alimenta, se alimenta meu lado bom, ele vai comandar minha vida. Se alimentar meu lado ruim, ela comandará minhas atitudes. Acho importante falar, porque preconceito é um atestado de ignorância, de mentes e almas limitadas. Para Deus, o que importa são nossos corações, estamos aqui de passagem!”, declara.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.