Alimentação natural para pets

1

A alimentação natural ou “AN” são alimentos cuidadosamente preparados de acordo com as necessidades nutricionais de cada pet. São superiores até mesmo as rações industrializadas Super Premium.

Afinal, a quantidade de umidade na alimentação natural é de 80%, enquanto nas rações químicas são apenas 11%, levando a sérios problemas renais.

Riscos dos petiscos industrializados⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Toda vez que vemos um produto desenvolvido para nossos cães e gatos jamais imaginamos que eles possam fazer mal, não é mesmo? Pois bem, saiba que nem tudo que parece é.

Os petiscos são “agrados” ou bônus que você oferece ao cachorro em momentos de adestramento, para enriquecimento ambiental ou simplesmente como uma forma de carinho.

Infelizmente há muitos no mercado que são cheios de aditivos e corantes, daqui surgem os receios dos tutores. Pois sim, realmente esses petiscos industrializados podem sim causar doenças a longo prazo e vão contra ao que queremos: alimentação natural.

A grande maioria dos petiscos são feitos com subprodutos dos frigoríficos, ou seja, aquilo que não serviu para a alimentação dos seres humanos, é utilizado para fazer petiscos para nossos pets.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Por isso, pare e olhe a embalagem dos petiscos e você verá: farinha de penas, farinha de ossos, grandes quantidades de milho e soja transgênicos, os tão temidos conservantes como BHA e BHT, além de derivados de petróleo como a glicerina.

Petiscos naturais como alternativa à alimentação natural

Eles são uma alternativa para quem deseja dar mais sabor ao canino, e qualidade de vida, mas não tem tempo de fazer a alimentação natural no momento. E são ótimos substitutivos para adestramento. São ricos em nutrientes e vitaminas!

Mas ofereça na quantidade correta! Petiscos são complementos, por isso, não devem passar de 10 a 15% da alimentação total no canino.

Gostou do artigo? Deixe o seu comentário.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.