Alexandre Kalil manterá os comércios da capital mineira fechados

Cidade já está esgotando a sua capacidade de atendimento em UTI, mesmo com o protocolo sanitário

0

O drama que os comerciantes e a população de Belo Horizonte como um todo estão vivendo parece que ainda continuará por alguns dias. De acordo com as análises do Comitê de Enfrentamento à COVID, ainda não é seguro permitir que os comércios voltem a funcionar sob o risco de pressionar ainda mais os hospitais da cidade.

O boletim mais recente mostra que as Unidades de Terapia Intensiva em Belo Horizonte só têm 10% da sua capacidade disponível no momento. Sendo assim, com o comércio da capital aberto, seria praticamente impossível providenciar tratamento para todas as pessoas que se infectassem como novo coronavírus.

Baseando-se em tudo isso, Alexandre Kalil, prefeito de BH, optou por manter os estabelecimentos fechados por enquanto. É possível que, em sete dias, o Comitê de Enfrentamento à COVID faça mais uma análise, mas será necessário que os números de mortes e de casos recuem bastante para ser seguro flexibilizar a atual quarentena.

Contaminação elevada em Belo Horizonte causou espanto

Há semanas, quando começou a ser registrado um aumento assustador da quantidade de mortes e de casos confirmados em Belo Horizonte, o país ficou chocado. Afinal, no começo da pandemia, as medidas de prevenção adotadas em Belo Horizonte fizeram do município um dos mais promissores no controle da pandemia.

Várias reportagens foram realizadas mostrando as mais de dez barreiras sanitárias que a capital tinha instalado a fim de impedir que pessoas com sintomas de coronavírus entrassem. Esses indivíduos eram imediatamente encaminhados para acompanhamento médico e realização de testes rápidos.

É devido à adoção de tantas estratégias que parece difícil entender porquê Minas Gerais registra agora esse descontrole com relação ao coronavírus. Para alguns, uma explicação possível seria o entendimento, por certa parcela da população, de que os riscos estavam minimizados, não sendo mais tão importante tomar cuidados básicos

Na realidade, esse é um risco que todos os Estados e até países que conseguem frear minimamente a COVID-19 correm e que deve ser minimizado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.