Alemanha: funcionários de lar recebem por engano cinco doses da vacina contra covid

4

Por causa de erros na preparação da vacina, oito funcionários de uma casa de saúde da Alemanha receberam cinco vezes a dose do imunizante contra o coronavírus. O país europeu trata o caso como “um erro individual na preparação da vacina”. 

Após o incidente no último domingo (27), as sete mulheres e um homem foram para casa. Mas nesta segunda-feira (28), quatro das oito pessoas afetadas foram internadas em um hospital para observação como medida de precaução. Eles apresentaram sintomas semelhantes aos da gripe.

De acordo com imprensa da Alemanha, três já receberam alta do hospital ainda nesta segunda. Apenas uma pessoa continua internada com sintomas leves.

Conforme a fabricante Biontech, doses maiores da vacina foram testadas em cobaias sem consequências graves. Nenhum evento adverso permanente foi relatado. As reações e os sintomas semelhantes aos da gripe dependem da dose e, em geral, são rápidos.

Um porta-voz da Biontech confirmou a informação, o que causou menos preocupação na Alemanha. Nos testes, quantidades de até 100 microgramas foram administradas sem consequências graves. A dose usual de vacinação é de 30 microgramas. 

A primeira frase do frasco da vacina diz: “este é um frasco multidose, cujo conteúdo deve ser diluído antes do uso”.

Vacinação na Alemanha

A vacinação na Alemanha começou no último sábado (26), um dia antes da campanha de imunização em massa prevista pela União Europeia em 27 países começarem oficialmente. Uma mulher de 101 anos foi a primeira a ser vacinada com a injeção da Pfizer/BioNTech contra a covid-19 no país.

Assim como em outros Estados-membros do bloco europeu, na Alemanha, as vacinas serão gratuitas e disponíveis a toda população. Isso acontecerá, de acordo com o governo local, em 2021, assim que os grupos prioritários forem completamente atendidos. O país contabiliza mais de 1,6 milhão de casos de Covid-19 e o número de mortes já superou as 29 mil.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.