Alagoas passa a oferecer transplante de fígado no estado

0

A Secretaria da Saúde de Alagoas (Sesau) informou que o estado passará a oferecer transplante de fígado para a população. A notícia foi divulgada pelo secretário da Saúde, Alexandre Ayres, durante reunião com a coordenação da Central de Transplantes de Alagoas, na última segunda-feira (26). O encontro teve a participação de representantes da Associação Alagoana de Doentes e Transplantados de Fígado (ALAF) e com o médico Oscar Ferro, responsável pelas cirurgias no Estado.

“A partir de agora, o Estado de Alagoas está pronto e habilitado para realizar os procedimentos de transplante de fígado. Os alagoanos não precisarão mais viajar para outros estados, como Pernambuco, com o objetivo de serem submetidos à cirurgia. É mais um grande passo que o Governo de Alagoas consegue em uma área tão importante na saúde pública”, destacou o secretário, em matéria divulgada pela Sesau.

Leia também: Como eliminar gordura no fígado: Hábitos que podem ajudar

Realização dos procedimentos

De acordo com a Sesau, a partir da viabilização do programa, todos os transplantes de fígado acontecerão na Santa Casa de Maceió, que já está credenciada pelo Ministério da Saúde (MS).

O titular da secretaria da Saúde ressaltou, ainda, que o governo promoverá uma campanha de incentivo e conscientização, com o objetivo de orientar a população sobre as doações de órgãos.

Transplante de fígado

De acordo com a Central de Transplantes de Alagoas, para que o transplante de fígado tenha pleno funcionamento, as famílias de pacientes com diagnóstico de morte encefálica confirmado têm papel fundamental. Isso porque mensagens por escrito deixadas pelo doador não são válidas para autorizar o procedimento.

Desta forma, o processo de retirada de qualquer órgão só acontece após os familiares darem o aval à cirurgia, assinando um termo.

Com informações da Sesau/AL

Veja também: Sintomas de problemas no fígado: Veja o que pode ser!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.