A vermifugação do seu pet está em dia?

0

A vermifugação em cães e gatos é importante, pois ela ajuda a proteger os animais das doenças causadas pelos vermes. Ao contrário do que algumas pessoas imaginam, a importância de vermifugar os pets vale para toda a vida do animal e não somente para quando ele é filhote.

O que a vermifugação faz?

Neste sentido, os remédios administrados atuam no combate aos parasitas, organismos que infectam outros seres vivos para retirar desses os meios para a sua sobrevivência como nutrientes da alimentação ou sangue do animal.

Por isso, o contato e a infestação por diferentes espécies de vermes de cães e gatos podem ocorrer em várias situações. A exemplo, durante os passeios, quando os animais entram em contato com água, comida e fezes contaminadas por ovos ou larvas dos parasitas.

Sintomas de pets com vermes

Um dos possíveis sintomas de verminose nos animais é a presença de sangue nas fezes, que muitas vezes pode vir em consistência pastosa e com cheiro forte. Apatia e pelos secos também são sinais de atenção.

Em resumo, o verme pode fazer com que nossos pets adoeçam e eles podem ter: diarreia, vômito, mal-estar, fezes com muco ou sangue. Às vezes, pode ser que eles nem tenham algum desses sintomas, eles apenas lambem e coçam muito a região perineal (ânus).

Por esse motivo, é fundamental a vermifugação nos bichinhos de estimação de uma a duas vezes ao ano, conforme orientação do veterinário. Além de garantir a saúde do animal, o uso regular do vermífugo evita a proliferação tanto para outros pets quanto para os humanos que convivem com ele.

Os pets devem ser vermifugados pelo menos a cada 4/5 meses. Além dos parasitas contaminarem os pets, eles também podem nos contaminar. Por fim, as crianças são os principais alvos, por conta de não terem hábito de higiene e também por resistência ao parasita.

Veja aqui os parasitas mais comuns em gatos.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.