Após desvalorizar 20% em 24h, Bitcoin adquire estabilidade

0

A semana foi marcada com a grande queda do Bitcoin em mais de 20% em menos de 24h. Estava valendo na faixa de R$ 310 mil e passou a custar R$ 266 mil. A criptomoeda vinha chamando a atenção por ter se valorizado em mais de 95% em um mês, duplicando de valor. Após isso, adquiriu estabilidade na faixa de R$ 260 mil e promete ser um momento atraente para que se possam realizar as compras. 

Leia mais: Tesla investiu em Bitcoin para “dar o bote” em suas vendas

A mineração de criptomoedas ficou em alta e está afetando o mercado de games com a falta de estoques de placas de vídeo. No ano de 2010, era muito comum que o Bitcoin fosse usado como uma forma de premiação para os gamers por ser muito barato e não ter valor nenhum: não tardou, em 2021, para que muitos deles se desesperassem atrás de senhas antigas para que acessassem as plataformas de jogos. 

Após desvalorizar 20% em 24h, Bitcoin adquire estabilidade

Bitcoin: Uma forma ilegal de gastar dinheiro

A codificação da criptomoeda impede que seja rastreada por órgãos governamentais. Consequentemente, muitos criminosos da Deep Web e Dark Web decidiram usar essa opção como forma de pagamento para atividades ilegais como a venda de drogas, órgãos ou documentos hackeados. Outros ainda trabalham com assassinatos e usam criptomoedas como a principal forma de contratação.  É muito raro acessar as plataformas ilegais sem rastreamento de IP e encontrar moedas como o dólar, euro e até mesmo o real. 

Leia mais: Bitcoin perde mais de R$ 60 mil em valor após supervalorização

Neste ano, alguns países como a Argentina, informaram que iriam começar a cobrar impostos sobre os lucros e transações, a porcentagem pode chegar em seus 7%. O PayPal, ao analisar um aumento em mais de 11% nas transações, afirmou que iria desenvolver uma plataforma exclusiva para os investidores. 

 

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.