A importância do consumo de frutas como maracujá

1

O maracujá é uma fruta que proporciona muitos benefícios ao nosso organismo e saúde. Por isso, além de ser um calmante natural, a polpa da fruta é rica em vitaminas do complexo B e C. Neste sentido, essas são responsáveis entre outras coisas pela manutenção de nossa saúde mental e emocional.

Benefícios do maracujá

Além de conhecida como calmante natural, a fruta é rica em vitamina C, fibras e minerais como cálcio, ferro e fósforo. A exemplo vale saber que é possível aproveitar sua casca em sucos, chás e receitas.

Além disso, o maracujá:

  • Reduz a ansiedade e agitação;
  • ajuda a regular a pressão sanguínea;
  • melhora a qualidade do sono;
  • melhora a saúde dos olhos;
  • regula os níveis do colesterol;
  • atua no combate ao câncer;
  • previne doenças degenerativas;
  • função antioxidante;
  • combate os radicais livres;
  • fortalece o sistema imunológico;
  • melhora o trato intestinal;
  • contém vitaminas ( A e C) e sais minerais. Neste sentido, fortalece a imunidade e previne gripes, resfriados e infecções;
  • auxilia no combate à pressão arterial elevada. Por ser rico em potássio e ajudar no equilíbrio dos níveis de sódio no organismo;
  • possui uma grande quantidade de fibras. Por isso, é eficaz na melhora da digestão, da “limpeza” do cólon e também na redução do colesterol LDL e aumento do HDL;
  • uma fruta de baixo índice glicêmico, que auxilia no tratamento da diabetes tipo 2. Assim, ela diminui a resistência à insulina e os níveis de açúcar no sangue;
  • um ótimo calmante natural. Então, pode ser utilizado principalmente por pessoas que tem insônia, pois ajuda a ter melhores noites de sono;
  • auxilia também na redução dos sintomas de ansiedade;
  • melhora o humor;
  • melhora a visão devido ao teor de vitamina A, C e flavanóides;
  • rico em antioxidantes, que previnem o envelhecimento precoce, câncer e inflamações;
  • aumenta a produção de sangue. Isso ocorre devido à quantidade de ferro presente e também da vitamina C;

Como consumir

Por isso, vale consumir in natura, no preparo de sucos, geleias, chás, molhos ou em diversas receitas (veja este filé de peixe ao molho de maracujá). Por exemplo, para acalmar, use o chá feito com as folhas.

Ao contrário, o maracujá é apenas contraindicado em casos de pressão baixa. Isso porque devido à ação sedativa do maracujá, a pressão pode cair ainda mais.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.