“A casa caiu”, escreve mulher em bilhete para ameaçar ladrão em SP

A mulher escreveu o bilhete e o colocou em seu carro após ter sido furtada um dia antes. O criminoso levou a bateria do veículo

0

Revoltada depois de ter a bateria do seu veículo furtada, uma comerciante da cidade de São Vicente, no litoral de São Paulo, resolveu deixar um recado para o criminoso, a fim de evitar que ele se aproximasse do carro dela novamente.

“Para você que estourou a porta desse carro e roubou a bateria fica bem esperto, vamos te achar. Você foi filmado. A casa caiu!”, escreveu a mulher, que tem 42 anos, e não quis se identificar.

De acordo com o portal “G1”, em uma matéria publicada nesta terça-feira (21), o crime aconteceu durante a madrugada de domingo (19). Conforme a mulher, ela mora e trabalha no Centro da cidade, deixando, na maioria das vezes, o veículo estacionado em uma praça.

Todavia, neste dia, ela precisou deixar o automóvel em outro local da região. Foi neste lugar que um homem chegou perto do carro e, após conseguir dobrar a porta do carro, furtou a bateria do veículo.

Quando a manhã chegou, a mulher se aprontou para ir à feira e, quando chegou no carro, percebeu que alguém havia levado o item do veículo. Por conta disso, ela procurou pelos donos dos estabelecimentos, que permitiram que ela analisasse as câmeras de monitoramento do local.

“Na filmagem dá para ver que ele abriu a porta, entrou no carro, abriu o capô e cortou o chicote da bateria. Depois fecharam e deixaram lá”, contou ela que, já arrumou a porta, mas ainda espera para comprar uma nova bateria.

“A casa caiu”, escreve mulher em bilhete para ameaçar ladrão em SP
A mulher escreveu o bilhete e o colocou em seu carro após ter sido furtada um dia antes. O criminoso levou a bateria do veículo. (Foto: reprodução)

O bilhete

Na segunda-feira (20), ao estacionar seu carro, a mulher deixou três bilhetes no veículo: um na parte da frente e nas duas janelas do carro. Segundo ela, a atitude foi uma maneira de tentar intimidar o bandido a não cometer o crime novamente.

“A gente sente revolta porque trabalhamos, hoje em dia enfrentando uma pandemia e mal conseguimos colocar as contas em dia”, desabafou a moradora, que revelou que não vai fazer um boletim de ocorrência sobre o caso.

Leia também: Empresário trata estudantes como bandidos e os expõem na internet

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.