194 brasileiros morrem de Covid-19 neste domingo

1

Neste domingo, dia 22, o Ministério da Saúde divulgou os dados referentes às últimas 24 horas da pandemia de Covid-19 no Brasil. Desde a última segunda-feira, os casos do novo coronavírus se mantiveram em alta. Contudo, os registros podem ser menores aos fins de semana, em virtude de atraso no repasse dos relatórios estaduais.

O país está a caminho do décimo mês de pandemia, durante a qual uma média de 30% da população esteve em isolamento. Porém, o Brasil vem demonstrando sinais de uma segunda onda de Covid-19 atualmente. Os números aumentaram em relação aos 14 dias anteriores e voltaram a ficar acima da média móvel de 500 óbitos a cada 24 horas.

Sobre o boletim oficial

O governo federal atualiza o boletim, intitulado Painel Coronavírus, a cada 24 horas com os dados mais recentes sobre a pandemia. Para tanto, as Secretarias Estaduais de Saúde enviam o material ao Ministério, com exceção dos finais de semana. Nesses pode haver atraso no repasse, o que explica os números muito abaixo da média móvel aos sábados e aos domingos.

Casos de Covid-19 confirmados

De acordo com o boletim neste domingo são ao total 6.071.401 milhões de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Desse total, 18.615 novos casos foram atestados nas últimas 24 horas.

Óbitos confirmados

Ainda segundo o Painel Coronavírus, foram 194 novos óbitos por coronavírus nas últimas 24 horas. Com isso o total de vítimas do Covid-19 se aproxima do patamar de 170 mil mortes, com 169 mil e 183 pessoas mortas. Por isso, a média móvel de mortes voltou a subir e atingiu o nível 484 óbitos por dia.

Portanto, de acordo com o painel do G1, o Brasil entrou novamente em situação de crescimento da pandemia de Covid-19. A situação que antes era de regressão, voltou, dessa maneira, a ser de expansão, com 43% no aumento de casos.  Dos 26 estados, 10 mantiveram o crescimento do número de casos durante toda a semana.

1 comentário
  1. Sidnei Martins Diz

    Qual será o interesse desses laboratórios com essa fabricação dessas vacinas?
    Não sei qual o interesse da China em desenvolver essa vacina,”não se sabe o efeito que essa vacina pode causar no ser humano;”lembrando p/esses que estão a frente desse “projeto,desse plano,que o natural que Deus criou não será mudado por vontade humana.
    Eu posso estar enganado,”mas creio que a China ou e alguns outros países devem ter algumas raízes daqueles povos que viveram nos tempos egípcios;eles devem carregar algum remanescentes daqueles povos que duvidavam severamente da existência de um Deus vivo.”
    Mas pela forma que essse mundo está indo,alguns países terá o mesmo fim que teve Sodoma e Gomorra!
    Estão tentando mudar “o natural que Deus criou;mas o dia que o juízo vier sobre essa geração,quem poderá suportar o dia da vinda do filho do homem?
    Tem um mandamento que diz:
    “Quem aumenta ciência,só aumenta tristeza;e isso está ocorrendo nessa terra;mas o juízo vem,em passos largos;será que os chineses crê em um Deus vivo?será que eles crê em Jesus Cristo?
    Mas quando chegar o dia da verdade,alguém irá recusar clamar por misericórdia?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.